| |

Bemvindo

Data: 02 de outubro de 2017

Renault Kwid – Características depois do lançamento

Baixos peso e consumo, airbags laterais, porta-malas, preço e altura do solo são atrativos do Renault Kwid. Porém, falta de isolamento acústico e falhas em ergonomia incomodam A Renault exagera ao denominar de SUV o hatch subcompacto. Porém, o menor carro da marca fabricado no Brasil tem atributos até melhores que alguns SUVs pela grande altura do solo (18 centímetros) e os excelentes ângulos de ataque (24) e saída (40). O Kwid não esbarra em quebra-molas, rampas nas saídas de garagem, imperfeições na estrada de terra e encara caminhos ruins. O desenho da carroceria também evoca SUV com pouca área envidraçada, principalmente na traseira, e para-lamas largos. A linha de cintura alta é ascendente no sentido da traseira, onde janela traseira tem pouco vidro. Mais lata dá a sensação de robustez.

***** Visual

Se visual vende carro, o Kwid está fadado ao sucesso com linhas chamativas. Construído sobre a nova plataforma CMF-A da aliança Renault-Nissan, o Kwid pesa menos de 800 quilos, são 786 kg na versão Intense, a topo de linha. Depois de o carro vendido na Índia ter sido reprovado no teste de impacto, foram acrescentados cerca de 100 quilos de reforços estruturais, além de airbags laterais dianteiros. Esses últimos contribuem para nota melhor no crash test lateral com e sem poste. A Renault informa estar confiante na prova do Latin NCap, órgão que faz os crash tests, pelos resultados obtidos em testes idênticos na fábrica com a nova plataforma, que tem apenas 20% da indiana. A boa impressão do lado de fora não é a mesma no habitáculo de espaço suficiente para quatro adultos. O plástico do painel central e da forração das portas não tem aparência desejável. Mesmo em um carro cuja versão de entrada custa R$ 30 mil -, a testada com ar-condicionado, direção elétrica e kit multimídia ronda os R$ 40 mil -, poderia ter acabamento de melhor aspecto. Entrar e sair do banco traseiro exige abaixar bem para não bater a cabeça. Entretanto, assentado, a altura para cabeça é muito boa atrás. Incômodo é o acesso. Falha em ergonomia.

***** Posição elevada

Posição de dirigir é bem elevada, como no SUV, mas assento é curto e o banco do motorista não tem regulagens assim como a coluna de direção. Por isso não se encontra logo a melhor posição de dirigir. E em viagens longas, sente-se o cansaço por causa da anatomia dos bancos. Volante tem boa pega e material rugoso de revestimento evita deslizamento acidental das mãos. O quadro de instrumentos é bem legível. Outra falha em ergonomia são os comandos elétricos dos vidros deslocados para o painel. Economia de chicote elétrico em projeto de baixo custo como esse. Portas travam automaticamente a partir de 7 km/h, mas não destravam pela maçaneta interna sem que antes seja acionadoo comando central no painel, mesmo com a ignição desligada. Pouco prático.

***** Segurança

Retrovisores têm comandos elétricos e estão bem dimensionados. Além dos airbags laterais, o Kwid tem dispositivo de segurança para incentivar o uso do cinto: alertas visual e sonoro durante dois minutos, caso motorista e passageiro da frente não afivelem o cinto a partir de 20 km/h. Só não usa quem não quer, por que o aviso sonoro incomoda muito. Ótima estratégia. Cintos dianteiros têm regulagem de altura e há dois pontos de Isofix para fixação de cadeiras infantis atrás. No banco traseiro, apenas o central é abdominal e há três apoios de cabeça. O porta-malas é bom para as dimensões do carro. A tampa fecha fácil assim como todas as portas. Faltam apenas pegas internas para o fechamento. Nesta versão, a tampa do porta-malas pode ser por meio de comando elétrico interno ou na chave. O local do tambor da fechadura está coberto por uma tampa metálica. Nas outras versões pode ser aberta com chave.

***** Troca de pneu

Para facilitar a troca de pneu, há um pino adaptador que ajuda na centralização dos três parafusos. O Kwid tem apenas três parafusos no cubo de cada roda. Estamos habituados a quatro. Outra redução de custo, a exemplo do limpador com uma palheta, como no Uno.

***** Dirigindo

Os engates do câmbio são leves e precisos, mas ouve-se o barulho do trambulador. Dependendo da maneira como o carro é colocado em movimento ocorre vibração no painel. Não é sempre. O motor 1.0 de três cilindros está mais leve em relação ao do Sandero pela retirada do comando variável de válvulas. Para um carro de baixo peso, o motor dá conta do recado sem precisar dessa tecnologia, segundo o fabricante. E usa corrente em vez de correia dentada. Se por um lado facilita a manutenção, por outro incomoda o ruído metálico. Além disso, o tanquinho de partida a frio divide parede de plástico com o reservatório de água do lavador do para-brisa. A Renault ainda insiste no tanquinho em motor moderno. Um dos principais incômodos do Kwid é a ausência de insonorização. São muitos os ruídos no habitáculo, principalmente aqueles vindos do painel central e forros de porta sobre calçamento e pisos irregulares de terra ou asfalto. O desconforto acústico é evidente.

***** Acelerações

Acelerações não são rápidas. O carro leva mais de 15 segundos para chegar a 100 km/h com gasolina. Nas retomadas é preciso pisar fundo. O torque máximo se dá numa faixa de rotação elevada (4.250 rpm). O motor acorda a partir de 2.500 rpm. Mesmo com quatro ocupantes a bordo e ar ligado, o Kwid se comporta dentro do esperado na cidade e na estrada. Acima de 120 km/h, a força do vento provoca ligeira sensação de instabilidade pela leveza da carroceria. Faróis iluminam bem e contam com auxiliares de neblina. Limpador único dianteiro e lavador do vidro são eficientes.

A grande altura em relação ao solo não combina com curvas arrojadas. A carroceria inclina bastante nas curvas acentuadas de baixa. A suspensão sacrifica o conforto em piso irregular. A direção com assistência elétrica é leve, facilita manobrar, e um pouco sensível em alta. O diâmetro de giro de apenas 10 metros torna o Kwid bom de manobra, característica bem urbana.

***** Consumo

O consumo é baixo: computador de bordo registrou de 10 km/l a 12,8 km/l na cidade e de 15,4 km/l a 17,8 km/l. Sempre com gasolina. A avaliação foi feita com gasolina, que é o pior desempenho do carro. Com álcool, a potência sobe 4 cv, indo para 70 cv e o torque passa de 9,4 kgfm para 9,8 kgfm. É significativo para um carro de baixa potência. A garantia é de 3 anos ou 100 mil quilômetros.

***** Preços

O Kwid é um carro mais indicado ao uso urbano, mas não decepciona na estrada com carga útil próxima do limite. O baixo consumo de combustível e o preço da versão intermediária tornam boa a relação custo/benefício, mas lembrando que se trata de projeto com acabamento mais simples. A versão topo de linha Intense tem preço sugerido de R$ 39.990; a intermediária Zen, R$ 34.990 e a de entrada Life, R$ 29.990. Além dos quatro airbags e ABS, a versão Intense vem com ar, direção, trava e vidros dianteiros com acionamento elétrico, computador e central multimídia com tela de 7 polegadas, GPS, Bluetooth, ligações e câmera de ré, entre outros.

***** Ficha técnica

  • Motor De três cilindros em linha, 999cm³ de cilindrada, flex, de 70 cv (álcool)/66 cv (gasolina) de potências máximas a 5.500 rpm e torques máximos de 9,8 kgfm (a) e 9,4 kgfm (g) a 4.250 rpm
  • Transmissão Tração dianteira e câmbio manual de cinco marchas
  • Direção Tipo pinhão e cremalheira com assistência elétricaFreios Disco ventilado na dianteira e a tambor na traseiraSuspensão Dianteira, do tipo McPherson, com barra estabilizadora; traseira, eixo rígidoRodas/pneus 5×14”de aço/165/70R14Peso 786 kg
  • Carga útil (passageiros+ bagagem)
  • Dimensões (metro) Comprimento, 3,68; largura, 1,58; altura, 1,47; distância entre-eixos, 2,42Porta-malas 290 litrosDesempenho Aceleração até 100 km/h: 14,7 segundos (a)/15,5 s (g); velocidade máxima, não divulgadaConsumo (km/l) Cidade, 10,3 (a)/14,9 (g); estrada, 10,8 (a)/15,6 (g)

    Muito mais notícias

    Indian Chief Springfield

    Já montada em CKD na fábrica de Manaus (AM), usando o mesmo motor de 1.811 cm³ de 2 cilindros em "V" das irmãs Chieftain, Roadmaster, Chief Classic e Chief Vintage.Saiba mais

    Nissan faz super-recall

    Nissan faz recall de um milhão de veículos devido a airbag. Software falha na identificação de presença de passageiro.DETROIT - Está convocando proprietários de 1.053.479 carros, a maioria nos Estados Unidos.Leia outras notícias

    Ford EcoSport

    Reestilizado, Ford EcoSport 2018 parte de R$ 73.990.Ford EcoSport 2018 ganhou também novos motores 1.5 e 2.0. Leia outras notícias

    Ford comemora 100 anos

    A Ford comemora 100 anos de produção de picapes, cuja jornada começou com o lançamento do Ford TT em 1917.Leia outras notícias

    Notícia Solicitada

    Comprar novo popular ou usados de luxo

    Como Honda Civic, Toyota, Nissan, Ford e outros.Veja relação dos carros usados que não param nas lojas.Será que vale a pena comprar um?

    Auto Elétrico surpreende

    A montadora de carros elétricos Tesla superou a tradicional Ford em valor de mercado. A valorização ocorreu um dia após a empresa de Elon Musk anunciar um recorde de vendas no primeiro trimestre. Com expectativa crescente para os próximos meses.

    Fiat Mobi

    Fiat Mobi Drive GSR com câmbio automatizado chega por R$ 44.780. Saiba mais

    Multas:Saiba mais

    As multas são classificadas em quatro categorias: leve, média, grave e gravíssima.

    Picapes vendidas em junho de 2017

    Picapes médias, a Ford Ranger teve alta de 10%; a Volkswagen Amarok de 32,9% e a Nissan Frontier de 22,4%. A Mitsubishi L200 com queda de 1,7% em junho. Já a grande RAM 2500 crescimento de 51,2% no mês julho.

    Tópicos: Escolhidos pela redação

    Mais lidas:

    Vendas junho

    Leiam mais

    O mercado automotivo brasileiro transacionou 55.836 carros e comerciais leves no primeiro decêndio de junho de 2017, perfazendo uma média diária de vendas de 7.977 unidades, o que corresponde a um crescimento de 1,5% sobre a média diária do 1º decêndio do mês anterior (7.859)., e avanço de 5,5% sobre a média diária de fechamento de junho de 2016 (7.564).Leiam sobre maio...

    Toyota Corolla

    Outras notícias

    Com 5.553 emplacamentos em maio, seu melhor resultado no ano, o Toyota Corolla mais do que dobrou os números de seu maior rival

    SCOOTER-SH-150i-2017

    Cliquem leiam mais notícias

    Conheça o Scooter Honda SH 150i - Elegante do seu jeito.A partir de R$ 12.450.

    Renault Kwid

    Leiam mais

    Confirmado preço de R$29.990.O novo Renault Kwid pode ser o novo compacto de sucesso nacional da Renault 2017 no Brasil...

    Blindados

    Carros Luxuosos com Blindagem e seus preços

    Mais detalhes

    Sinta-se tão confortávele andando pela rua sem segurança particular.A seguir, vamos listar cinco dos carrões mais seguros e luxuosos que pequenas fortunas podem comprar...

    Montadoras

    Montadoras tentam se reinventar para um futuro

    Mais detalhes

    Montadoras tentam se reinventar para um futuro sem carro próprio.Afirmação só confirma que a mudança na forma como boa parte do público irá consumir automóveis será inevitável....

    Patrimônio

    Dicas para evitar a depreciação do carro

    Mais detalhes

    Para a troca ou venda,deixamos aqui algumas dicas e conselhos de evitar depreciação do seu veículo para o ajudar na sua decisão...

    Notícias Rápidas

    Mercado

    Conheça o Renault Kwid vejam fotos e muito mais

    Mais notícias

    A Renault celebra nesta semana na Índia o recorde de 100 mil unidades vendidas do compacto Kwid no mercado local. A Renault tem a mesma expectativa com o sucesso de vendas e rápido no mercado brasileiro...

    Recall

    Dicas para dirigir bem um carro automático

    Leiam mais noticias

    Alguns cuidados devem ser tomados para que o funcionamento não seja prejudicado e, mais do que isso, o câmbio não seja danificado.Este componente foi disseminado e passou a ser objeto de desejo de muitos condutores...

    Automático 06 marchas

    Citroën lança C3 e Aircross câmbio automático 6 marchas

    Mais notícias

    Com apresentação e teste a melhoria na nova caixa de 06 marchas comparada a ultrapassada automática de 4 velocidades, traz excelente benefícos na economia. Os preços variam de R$ 58.540 a R$ 76.400. PREÇOS:C3 - Attraction: R$ 58.540 Tendence: R$ 61.940 Exclusive: R$ 65.490 / Aircross: Live: R$ 67.990 Shine: R$ 76.400...

    VOLTAR TOPO