Motowagen - Notícias, Informações tudo sobre autos e motos.

NOTÍCIAS

Novo Volkswagen Virtus 2018 é revelado .Saiba os preços e modelos.

Este é o novo Volkswagen Virtus 2018. Depois de ter sido revelado, a versão sedã do Polo faz a sua estreia mundial no Brasil. O novo sedã da Volkswagen chega em janeiro para brigar com as versões mais caras do Prisma, do bem sucedido Honda City além dos futuros Fiat Cronos e Toyota Yaris Sedan.

  • Quanto vai custar o Volkswagen Virtus com todos os opcionais?
  • Valor pode chegar a R$ 87.040 com todos os opcionais e pintura metálica. Apresentado ontem (22) pela Volkswagen, o Virtus chega às lojas custando entre R$ 59.990 e R$ 79.990. Mas com os principais opcionais, até onde esses valores chegam?Sem a opção do motor 1.0 aspirado de três cilindros do hatch (estratégia parecida com a da Fiat para o Cronos), a versão inicial 1.6 MSI, parte dos R$ 59.990 – R$ 5 mil a mais que o Polo 1.6.

    Entre os opcionais, são dois pacotes. O Safety Pack, por R$ 1.050, oferece controle eletrônico de estabilidade e tração, assistente de partida em rampa e computador de bordo mais completo.

    A segunda opção é o Connect Pack, que custa R$ 2.950 e além dos mesmos equipamentos da Safety Pack, traz sensores de estacionamento, rodas de liga leve aro 15″, central multimídia Composition Touch com App-connect e volante multifuncional.

    Completo, o Polo 1.6 MSI custa R$ 62.940. Por esse preço, o modelo ainda não terá retrovisores externos com ajuste elétrico, nem regulagem de altura da coluna de direção ou faróis de neblina – itens de série no Virtus topo de linha.Por R$ 73.490, aparece a versão intermediária Comfortline 200 TSI. Nesta configuração, o sedã conta com controle de estabilidade e tração com bloqueio eletrônico do diferencial, coluna de direção com ajustes de altura e profundidade, faróis de neblina com auxílio em curvas, central multimídia Composition Touch, rodas de liga leve aro 15, retrovisores elétricos, sensores de estacionamento traseiros, descansa braço dianteiro e volante multifuncional.

    O primeiro pacote de opcionais, Tech 1, custa R$ 2.200 (será R$ 2.990 após a fase de lançamento) e soma sistema Kessy (acesso ao veículo sem o uso da chave e botão para partída do motor), retrovisor interno eletrocrômico, sensores de estacionamento dianteiros, aletas para troca de marchas atrás do volante, farol com ajuste automático de intensidade, rodas de 16 polegadas, sensor de chuva e piloto automático.

    O segundo pacote, Tech 2, de R$ 3.500, conta com os mesmos equipamentos do primeiro e ainda soma ar-condicionado digital (de apenas uma zona), câmera de ré, detector de fadiga, indicador de pressão dos pneus, porta-malas com sistema de ajuste e rede e porta-luvas refrigerado.

    Equipado com o pacote mais completo, o Virtus Comfortline 200 TSI custa R$ 76.990.

    De série, ela conta com ar-condicionado, direção elétrica, vidros dianteiros e traseiros elétricos, travas elétricas, rádio 2 din com Bluetooth, quatro airbags, Isofix, computador de bordo, regulagem de altura do banco do motorista e chave tipo canivete.

    Como esperado, o novo Virtus guarda muitas semelhanças com o hatch, principalmente a plataforma.

    A base é a MQB-A0, o que possibilita dividir quase que todos os componentes com o novo Polo. Suspensão, direção, motores e câmbios são os mesmos, como o esperado. Por enquanto, a Volkswagen confirmou apenas a versão 200 TSI, equipada com motor 1.0 TSI de 3 cilindros turbo que entrega potência máxima de 128 cv com etanol e 115 cv com gasolina a 5.500 rpm e torque máximo de 200 Nm (20,4 kgfm), com gasolina ou etanol, de 2.000 a 3.500 rpm. Com este motor, o Virtus acelera de 0 a 100 km/h em 9,9 segundos e atinge velocidade máxima de 194 km/h (dados com etanol), segundo a montadora.

    Visualmente, tem a mesma dianteira do Polo, inclusive com a modificação na parte inferior feita no hatch para o mercado sulamericano. Na traseira, a nova identidade da VW, que inclusive estará no futuro Novo Jetta, que estreia no Salão de Detroit em janeiro. As lanternas estão mais finas, principalmente na porção que invade a tampa do porta-malas. Para oferecer mais espaço interno que o hatch, o Virtus recebeu entre-eixos de 2,65 metros, ou seja, exatamente a mesma do Jetta atual e 8,5 cm maior que a do Polo. Também é maior no comprimento com seus 4,48 m, bem maior que os 4,05 m do hatchback. O porta-malas tem capacidade de 521 litros, contra os 300 litros do Polo. A altura do Virtus é de 1.468 milímetros e a largura é a mesma: 1.751 mm.

    O desenho do interior e painel do Virtus é basicamente o mesmo do Polo. Também terá a disposição o painel totalmente digital Active Info Display de 10,25 polegadas e os sistemas de infotainment, com o topo sistema Discover Media com tela sensível ao toque de 8 polegadas, além de três entradas USB e as plataformas Mirrorlink, Apple CarPlay e Android Auto integradas.

    Em sua apresentação, a Volkswagen anunciou o Virtus como um dos modelos mais seguros do segmento. Vale lembrar que seu irmão Polo, também construído sobre a plataforma MQB, obteve nota máxima de cinco estrelas nos testes de colisão do Latin NCAP. Em ambos, a montadora informa que a maior parte da estrutura da carroceria é formada por aços especiais, de alta e ultra-alta resistência, com partes conformadas a quente.

    Página Principal

    Mais lidas:

    Vendas julho

    Leiam mais

    Relação completa dos carros mais vendidos em julho de 2017...

    Toyota Corolla

    Outras notícias

    Com 5.553 emplacamentos em maio, seu melhor resultado no ano, o Toyota Corolla mais do que dobrou os números de seu maior rival

    SCOOTER-SH-150i-2017

    Cliquem leiam mais notícias

    Conheça o Scooter Honda SH 150i - Elegante do seu jeito.A partir de R$ 12.450.

    Honda Pop

    Leiam mais

    O modelo traz pouco em itens de série, mas compensa com agilidade, robustez e economia....